• ACESSE - AVA / MOODLE

    Ambiente virtual de aprendizado (AVA) dos cursos do programa de pós-graduação em Filosofia.
    VEJA MAIS
  • Igualdade racial e de gênero

    O PPGF vem adotando políticas afirmativas contra desigualdades através do sistema de reservas de vagas para pessoas autodeclaradas Negras e de vagas supranumerárias para pessoas Indígenas, Quilombolas, com necessidades especiais e autodeclaradas Trans. Es
    VEJA MAIS
  • PsiU

    O PsiU é o programa de saúde mental e bem estar da UFBA. Somos um grupo de psicólogos atuando em modalidade de plantão para acolher as pessoas que queiram encontrar um psi.
    VEJA MAIS
  • CAPES PRINT

    O Programa Institucional de Internacionalização (PrInt) foi criado pela CAPES, tendo como objetivos: Fomentar a construção, a implementação e a consolidação de planos estratégicos de internacionalização...
    VEJA MAIS

Ações Internacionais e Intercâmbios

PROJETOS E ACORDOS FORMAIS DE COOPERAÇÃO E INTERCÂMBIO INTERNACIONAL DE PESQUISA E DOCÊNCIA
 

PROJETO INTERNACIONAL: PROVA, DEMONSTRAÇÕES E REPRESENTAÇÃO

  • Coordenação: Osvaldo CHATEAUBRIAND (Coordenador Brasileiro) e Marco PANZA  (Coordenador Francês)
  • Participante do PPGF: Abel LASSALLE CASANAVE 
  • Instituições: PUC-Rio, UFSM, UFG, UFBA e Université Paris 1 Pantheon-Sorbonne
  • Instituição financiadora: CAPES/COFECUB

Para ler o projeto, clique aqui
 

A MODERNIDADE E OS DESAFIOS DA FORMAÇÃO BRASILEIRA: ENTRE O PASSADO E O FUTURO, ENTRE O LOCAL E O GLOBAL

O projeto "A modernidade e os desafios da formação brasileira: entre o passado e o futuro, entre o local e o global" liderado pelo PPGF integrou a proposta bem sucedida da UFBA para o CAPES-PRINT. Com esse projeto, 06 professores foram beneficiados com estágio de pós-doc de longa duração no exterior, 03 docentes fizeram missões de trabalho no exterior e 06 estudantes fizeram estágios de bolsa sanduíche. O PPGF já recebeu 06 pesquisadores estrangeiros na qualidade de pesquisador visitante e pós-doc.

Ao longo da sua história, desde a sua criação, o PPGF tem por meta não ser apenas um programa consolidado e pleno, mas também um programa solidamente internacionalizado. Esse é um processo que não se realiza abruptamente; vem sendo construído ao longo dos últimos anos com um conjunto de decisões e ações. Ou seja, a ideia de “internacionalização” não é um discurso de ocasião para o PPGF. Neste momento, atravessamos a fase de sistematizar as ações de internacionalização que já estão sendo realizadas ou gestadas, sobretudo em virtude da demanda do Edital CAPES-PRINT.

O Programa de Pós-Graduação em Filosofia participou de modo decisivo na elaboração do Projeto Institucional de Internacionalização da UFBA, no Programa Capes PrInt. A partir do trabalho de nosso programa, em parceria com os Programas de Relações Internacionais, Artes Visuais e Programa de Pós-graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências, foi desenhado o grande tema estruturante “A modernidade e os desafios da formação brasileira: entre o passado e o futuro, entre o local e global”. A ideia é a Universidade irá pensar a modernidade e a formação brasileira em suas várias dimensões. Trata-se não apenas de lançar um olhar crítico à nossa formação, analisando e pensando o modo como nos inserimos no projeto da Modernidade, mas também de apontar para o desafio epistemológico envolvido em tal empreitada. Dentro desse tema estruturante, nosso programa apresentou os seguintes projetos de cooperação: Arte Moderna e Identidade Nacional, Autonomia Intelectual: problemas em epistemologia geral e aplicada, Empirismo, Fenomenologia e Gramática, Modernidade e Razão, Normatividade e Crítica da Modernidade, O conceito de primitivo como chave de interpretação da arte modernista e contemporânea, Subjetividade, Experiência Estética, Significação

Na elaboração desse projeto, o PPGF envolveu quase a totalidade de seus docentes, 13 outros programas de pós-graduação da UFBA e instituições de 12 diferentes países (Alemanha, Argentina, Canada, Dinamarca, Escócia, Espanha, Estados Unidos, França, Inglaterra, Itália, México, República Tcheca, Portugal). Estão previstas as seguintes ações: a) missões de trabalho no exterior, b) estágios de pesquisa de docentes do PPGF (cf. “Planejamento Futuro”), c) bolsas sanduíche no exterior para discentes do PPGF e d) recepção de pesquisadores e estudantes estrangeiros na UFBA. Entre os países com os quais manteremos relações de cooperação estão Estados Unidos, Inglaterra, França, Alemanha, México, Peru, Argentina, Portugal, Moçambique, Itália, Espanha e Colômbia.

 

PROGRAMAS INTERNACIONAIS DE COOPERAÇÃO INSTITUCIONAL

Os anos de 2017-20 foram especialmente importantes para o processo de internacionalização. Nesses anos o PPGF realizou três ações que terão grande impacto nesse processo: a) adesão programa PAEC da OEA, b) c) adesão ao PROAFRI e c) participação do edital de Professor Visitante da UFBA que contratou dois professores na categoria sênior e jovem pesquisador para atuar na pós-graduação. 

a) PAEC/OEA: A UFBA, por meio da PROPG e da Assessoria de Assuntos Internacionais participa do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras, um consórcio de universidades que visa à Internacionalização nas Instituições associadas. O PAEC (Programa de Alianças para a Educação e a Capacitação) é realizado juntamente com a Organização dos Estados Americanos e as Instituições participantes oferecem bolsas de mestrado e doutorado para estudantes das Américas virem estudar no Brasil. O PPGF recebeu dois estudantes, um de mestrado e outro de doutorado da Colômbia e Peru.

b) PROAFRI: O Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras (GCUB) criou o Programa de Formação de Professores de Educação Superior de Países Africanos –ProAfri em parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional de Moçambique (MCTESTP), e com o apoio da Divisão de Temas Educacionais do Ministério das Relações Exteriores do Brasil (DCE/MRE) e da Embaixada do Brasil em Moçambique. Com esse programa, o PPGF recebeu um professor do Universidade de Moçambique para realizar o seu doutorado (iniciado em agosto de 2018). Para tanto, o PPGF garantiu uma bolsa integral.

c) Programa Professor Visitante- Edital 2017/2020: A Universidade Federal da Bahia, visando o aprimoramento dos programas de pós-graduação stricto sensu e dos grupos de pesquisa da UFBA, viabilizou com verba UFBA no período 2017-2018 a contratação de 25 professores visitantes brasileiros e 26 estrangeiros. Estes professores estão associados aos programas de Pós-graduação, co-orientando alunos de mestrado e doutorado, ministram disciplinas e desenvolvem atividades de pesquisas. O PPGF contratou dois professores visitantes estrangeiros em 2018. Destaque-se que o Programa de Pós-graduação de Filosofia da UFBA recebeu 22 (vinte e duas) candidaturas para Professor Visitante de dez diferentes países: Brasil, México, Bélgica, Colômbia, Venezuela, Espanha, Itália, Porto Rico, Portugal e Inglaterra. (Essa procura deve significar que o PPGF goza de prestígio fora do país.) Em 2019, com 14 candidatos, o PPGF teve um terceiro Professor Visitante aprovado pelo Comitê Gestor do CAPES-PRINT, mas questões de razão superior impediram a sua contratação.

Além disso, temos os seguintes projetos realizados em cooperação com pesquisadores estrangeiros:

“O que é uma demonstração rigorosa?” (em andamento) Integrantes: Abel Lassalle Casanave - Coordenador / Oswaldo Chateaubriand (Brasil)- Integrante / Luiz Carlos Pereira (Brasil)- Integrante / Frank Thomas Sautter (Brasil) - Integrante / Paulo Veloso (Brasil) - Integrante / Javier Legris (Argentina) - Integrante / Oscar Miguel Esquisabel (Argentina) - Integrante / Gisele Dalva Seco (Brasil) - Integrante / Wagner Sanz (Brasil) - Integrante / Carlos Álvarez (México) - Integrante / José Seoane (Uruguai) - Integrante / Marco Panza (EEUU) - Integrante / José Ferreirós Domínguez (Espanha) - Integrante / Marco Aurélio Oliveira da Silva (Brasil) - Integrante / Giovannini, Eduardo N. (Argentina) - Integrante / Maria de Paz Amerigo  (Espanha) - Integrante / Carmen Martínez Adame  (México) - Integrante.

Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - Auxílio financeiro.

“History of Interpretations of Quantum Mechanics” (em andamento). Edição do Oxford Handbook of the History of Interpretations of Quantum Mechanics coordenado pelo Prof. Olival Freira Jr. Em cooperação com editores assistentes dos países Brasil, Dinamarca, Canadá, Holanda e França.

“Grupo Luso-Brasileiro de Estudos Wittgensteinianos – GRULBEW” (em andamento) com o qual colaboram os professores João Carlos Salles e Rafael Lopes Azize.

“Wittgenstein na América Latina” (encerrado em 2018). Integraram esse projeto Prof. Rafael Azize (coordenador), João Carlos Salles Pires da Silva (UFBA), Fernando Forero (Universidad Nacional de Colombia), Guadalupe Reinoso (Universidade Nacional de Córdoba), Mariano G. Balla (Universidad Nacional de Rosario), Rodrigo Cárcamo Aguad (Universidad Católica del Norte, Chile), Romina Ibarra (Universidad Nacional de Rosario), Samuel M. Cabanchik (CONICET) (Argentina) e Victor J. Krebs (Pontificia Universidad Católica del Perú).

“Injustiças Epistêmicas e Democracia” (em andamento). Integram este projeto Breno Ricardo Guimaraes Santos (UFMT) (coordenador), Ian James Kidd (University of Nottingham), José Medina (Vanderbilt University), Heather Battaly (California State University), Miranda Fricker (CUNY Graduate Center), Sanford Goldberg (Northwestern University), Duncan Prichard (University of California), Alexandre Meyer Luz (UFSC), Felipe Santos (UFBA), Katia Martins Etcheverry (PUC-RS), Luis Fernando Munaretti da Rosa (Universität zu Köln) e Waldomiro Silva Filho (UFBA).

“Thinking about Oneself: The Place and Value of Reflection in Philosophy and Psychology” (em andamento), financiado pelo CNPq (Chamada Universal) e apoiado pela Editora Springer. Integram o projeto: Waldomiro J. Silva Filho (coordenador), Luca Tateo (Itália), Ernest Sosa (EUA), Christopher Kelp (Bélgica), Duncan Pritchard (Reino Unido), John Greco (EUA), Felipe da Rocha Santos (Brasil).

“International Center for the Study of Dewey and Pragmatism” – o grupo de pesquisa coordenado pelo Prof. José Crisóstomo de Souza passou a integrar o International Center for the Study of Dewey and Pragmatism (EUA).

“Cultura Política e Representação” (em andamento), financiado pela Chamada Universal 2016 do CNPq. Integram o projeto: Daniel Tourinho Peres (coordenador), François Calori (França), Magali Besone (França), Maruício Keinert (Brasil), Fernando Costa Mattos (Brasil), Monique Hulshof (Brasil) e Yara Frateschi (Brasil).

“Agência Epistêmica e o Valor da Reflexão” (em andamento) financiado pela Chamada Universal 2016 do CNPq. Integram o projeto: Waldomiro J. Silva Filho (coordenador), John Greco (EUA), Ernest Sosa (EUA), Annalisa Coliva (Itália, EUA), Sven Bernecker (Alemanha), Duncan Pritchard (Reino Unido), Eduardo Barrio (Argentina), Christopher Kelp (Bélgica), Miguel Ángel Vargas (México), Luca Tateo (Dinamarca, Itália), Plínio Smith (Brasil), Eros Carvalho (Brasil), Tiegue Vieira (Brasil), César Schirmmer (Brasil), Paulo Faria (Brasil).
 

PARTICIPAÇÃO DOCENTE E DISCENTE EM GRUPOS DE PESQUISA INTERNACIONAIS

Docentes do PPGF participação dos seguintes sociedades científicas e grupos de pesquisa internacionais: International Center for the Study of Dewey and Pragmatism; CONCEPT (Cologne Center for Contemporary Epistemology and the Kantian Tradition) da Philosophische Fakultät da Universität zu Köln; Association for Philosophy of Mathematical Practice (APMP); Sociedade Interamericana de Filosofia; History of Science Society; Associação Latinoamericana de Filosofia Analítica. O professor Olival Freire Jr. é membro do History of Science Society, HSS, Estados Unidos.
 

DISCENTES PROGRAMAS DE MOBILIDADE INTERNACIONAL

Entre os estágios de pesquisa de estudantes no exterior recentes, destaque-se
 

(2019-atual) Gustavo Davi Santiago = Cotutela na Universidade Complutense (Espanha)

(2020) Tiago Medeiros = Harvard University (EUA) com bolsa CAPES-PRINT

(2020) Angela Lima Calou = Università del Salento

(2018-2019) Camila de Souza Ezidio = École Pratique Des Hautes Études (França) com bolsa CAPES

(2018-2019) Felipe Bragagnolo = École Normale Supérieure (França) com bolsa CAPES

(2017-2018) Daniela Szwertszarf = Boston University: College of Arts & Sciences, EUA (PDSE, CAPES)

(2017-2018) Murilo Garcia de Matos Amaral = Université Paris I – Panthéon/Sorbonne, França (PDSE, CAPES)

(2017) Laiz Fraga Dantas = Pennsylvania State University, EUA (PDSE, CAPES)

(2017) Ana Margarete Freitas = Universidad Nacional Autónoma de México, México (PDSE, CAPES)


PRESENÇA DE ALUNOS ESTRANGEIROS

Pelo programa PAEC/OEA, por meio da PROPG e da Assessoria de Assuntos Internacionais (AAI), o PPGF participa do Grupo Coimbra de Universidades Brasileiras, um consórcio de universidades que visa à Internacionalização nas Instituições associadas. O PAEC (Programa de Alianças para a Educação e a Capacitação) é realizado juntamente com a Organização dos Estados Americanos e as Instituições participantes oferecem bolsas de mestrado e doutorado para estudantes das Américas virem estudar no Brasil. O PPGF recebeu dois estudantes, um de mestrado e outro de doutorado da Colômbia e Peru.

O PPGF também participa do programa PROAFRI (Programa de Formação de Professores de Educação Superior de Países Africanos) em parceria com o Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional de Moçambique (MCTESTP), e com o apoio da Divisão de Temas Educacionais do Ministério das Relações Exteriores do Brasil (DCE/MRE) e da Embaixada do Brasil em Moçambique. Com esse programa, o PPGF recebeu um professor da Universidade de Moçambique para realizar o seu doutorado (iniciado em agosto de 2018). Para tanto, o PPGF garantiu uma bolsa integral.

No processo seletivo 2020-21 o PPGF selecionou um estudante do Uruguai.
 

PARTICIPAÇÃO DOCENTE EM PERÍODOS SABÁTICOS NO EXTERIOR

Entre os estágios de pesquisa de professores no exterior recentes, destaque-se:

(2019-2020) José Crisóstomo de Souza (Pesquisador visitante) = Universidade de Humboldt-Berlim com bolsa do CAPES-PRINT

(2020) Marco Aurélio Oliveira da Silva (Pesquisador visitante) = École Pratique des Hautes Études, EPHE, França

(2019) Waldomiro J. Silva Filho (Pesquisador Visitante) = CONCEPT (Cologne Center for Contemporary Epistemology and the Kantian Tradition) da Philosophische Fakultät da Universität zu Köln (Alemanha) com apoio financeiro da Universität zu Köln e do CAPES-PRINT

(2018-2019) Olival Freire Jr. = Center for History of Physics do American Institute of Physics, College Park, MD, Estados Unidos com bolsa do CNPq

(2017-2018) Rafael Lopes Azize = Swarthmore College (EUA) com bolsa da CAPES

(2017-2018) Waldomiro J. Silva Filho (Visita Técnica) = CONCEPT (Cologne Center for Contemporary Epistemology and the Kantian Tradition) da Philosophische Fakultät da Universität zu Köln (Alemanha) com apoio financeiro da Universität zu Köln

(2016-2017) Carlota María Ibertis = Université Paris 1 Pantheon-Sorbonne, PARIS 1, França

(2016-2017) Abel Lassalle Casanave = Universidade de Paris I, Panthéon-Sorbonne (França) com bolsa do CNPq
 

PARTICIPAÇÃO DE PROFESSORES ESTRANGEIROS COMO PESQUISADORES VISITANTES E MEMBROS DE BANCAS

Em 2020 o PPGF contou com três pesquisadores visitantes: Emiliano Boccardi (na qualidade de Professor Visitante Estrangeiro), André Berten (na qualidade de Professor Visitante Estrangeiro), Luís Rosa (na qualidade de Pesquisador Visitante Estrangeiro) e Nicolás Lo Guercio (na qualidade de Pesquisador Visitante Estrangeiro)
 

PROMOÇÃO DE EVENTOS INTERNACIONAIS 

Um indicador muito relevante do intercâmbio acadêmico internacional do PPGF está no fato de que a UFBA passou a hospedar importantes eventos internacionais que reuniram no Brasil os destacados filósofos da América Latina, Estados Unidos, Canadá, Espanha, Portugal, Inglaterra, Itália, Dinamarca, França, Bélgica e Alemanha. Isso tem permitido a consolidação de redes de relações acadêmicas que já se mostram efetivamente atuantes.

Registre-se aqui alguns desses eventos (em ordem cronológica decrescente): 

(2020) Philosopher Meets Critics. Série iniciada de encontros mensais em outubro de 2020 com internacionalmente destacados filósofos para discutir as publicações mais recentes no campo da Epistemologia. Realizado em cooperação entre o Grupo Investigações Filosóficas do PPGF e o CONCEPT da Universität zu Köln.

(2019) Thinking about Oneself: The Place and Value of Reflection (realizado na Universität zu Köln, Colônia, Alemanha)

(2019) Fifth International Meeting of the APMP – 18-21 January, Zurich, Suiça.

(2018) Colossi with Feet of Clay — Stable Theories and Fragile Foundations – Simpósio no History of Science Society - Annual Meeting, 1-4 Nov 2018, Seattle, Washingtons, USA (o Prof. Olival Freire integrou o comitê organizador).

(2018) How the sources of funding can affect the results of research and contribute to the disunity of knowledge – Simpósio na 8th European Society for the History of Science, 14-17 Sep 2018, London (o Prof. Olival Freire integrou o comitê organizador).

(2018) V Conferencia da Sociedade Brasileira de Filosofia. Esse evento recebeu 42 trabalhos de 7 diferentes nacionalidades (Argentina, México, Colômbia, Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, França, Escócia e Portugal).

(2017) XXI Colóquio Conesul de Filosofia das Ciências Formais

(2017) VI International Workshop in Epistemology: The Value of Reflection

(2017) VI International Meeting on Skepticism & XVII Colóquio Nacional sobre Ceticismo.

(2017) V International Workshop in Epistemology: Knowledge from Falsehood

(2017) I Encontro da Rede Iberoamericana de Filosofia

(2017) Fourth International Meeting of the Association for the Philosophy of the Mathematical Practice.
 

Em 2019 foi criado o UFBA Philosophy Lectures, um canal do Youtube (https://www.youtube.com/channel/UCtATHRkl2e5iXmsWLR4PCMg). Nesse canal se oferece ao Programa de Pós-Graduação em Filosofia da UFBA e à comunidade acadêmica em geral a possibilidade de ter acesso às pesquisas atuais e aos debates contemporâneos realizados atualmente por pesquisadores do PPGF e filósofos nacionais e internacionais. São convidados filósofos das mais diversas áreas de pesquisa como Filosofia das Ciências, Epistemologia, Metafísica, Ética, Filosofia Política, entre outras áreas. Também são oferecidos cursos online não-curriculares e não-obrigatórios para a comunidade em geral, disponibilizados no YouTube. Essas atividades serão transmitidas em português, inglês, francês, espanhol e alemão.